Categories
Autism

Routine and Autism

One of the key traits to support the diagnosis in Autism is an insistence on sameness and an adherence to routines.

Why?

The world is full of sounds, colors, smells that overwhelm the autistic brain. If we control our own environment and are aware of what we will face today, we will be able to prepare, manage and cope with sensory inputs and emotions. The idea of lack of control over our environment is incredibly stressful.

Routine means for example:

  • being able to find things we need, like keys or notes, and might be anxiety inducing if someone moved them,
  • buying the same brands of food/drinks so we know the taste and texture,
  • going to the same restaurant because we know it doesn’t have loud music,
  • going to the same supermarket because the lights are not too strong and they have the brands we want in the same place.
  • knowing what we will eat for dinner, to ensure it is nothing we can’t cope with due to texture or taste.
  • knowing if someone is visiting and when so we can be rested and prepared for socializing.

That doesn’t necessarily means we can’t have change in our life, but CONTROLLED change. That makes all the difference. If we have control, we can do a lot, even moving country (obviously always consider that it is a spectrum and some people have more difficulties than others and certain areas).

The lack of routine migth lead to a situation where we get overwhelmed and have a meltdown or a shutdown, where our brain shuts down and can’t process any more input. Don’t forget in general, we have a delay in sensory processing, and new situations have normally an extra amount of things to process, that can be too much to cope.

If you need to change anything in your child’s life, try to understand their sensory needs, and present a plan on what will be changed, why and showed the routine they will go through during the week. It is important to change with the autistic people, not against them.


Uma das principais características para apoiar o diagnóstico no autismo é a insistência nas rotinas.

Por quê?

O mundo está cheio de sons, cores e cheiros que oprimem o cérebro autista. Se controlarmos nosso próprio ambiente e estivermos cientes do que enfrentaremos hoje, seremos capazes de nos preparar, gerir e lidar com as emoções e estímulos sensoriais. A ideia de falta de controle sobre nosso ambiente é extremamente estressante.

Rotina significa, por exemplo:

  • ser capaz de encontrar coisas de que precisamos, como chaves ou papéis, e pode ser indutor de ansiedade se alguém os mover,
  • comprar as mesmas marcas de alimentos/bebidas porque sabemos o sabor e textura,
  • ir ao mesmo restaurante porque sabemos que não tem música alta,
  • ir ao mesmo supermercado porque as luzes não são muito fortes e eles têm as marcas que nós queremos sempre no mesmo lugar (podemos ser rápidos)
  • saber o que iremos comer ao jantar, para garantir que não seja algo que não possamos suportar devido à textura ou ao sabor.
  • saber se alguém está visitando e quando assim for, podemos estar descansados ​​e preparados para a socialização.

Isso não significa necessariamente que não podemos ter mudanças em nossas vidas, mas mudanças CONTROLADAS. Isso faz toda a diferença. Se tivermos controle, podemos fazer muito, até mesmo mudar de país (obviamente sempre considere que é um espectro e algumas pessoas têm mais dificuldades do que outras e certas áreas).

A falta de rotina leva a uma situação em que ficamos sobrecarregados e temos um meltdown ou shutdown, onde o nosso cérebro desliga e não consegue processar mais nenhuma informação sensorial e emocional. Não se esqueça, em geral, temos dificuldades no processamento sensorial e novas situações normalmente têm uma quantidade extra de coisas para processar, o que pode ser demasiado para lidar.

Se precisa mudar alguma coisa na vida do seu filho, tente entender as suas necessidades sensoriais, apresente um plano sobre o que será mudado, porque tem que ser mudado e mostre a rotina que vai seguir durante a semana. É importante mudar com o autista, não contra ele.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s