Categories
Autism

Priority for People with disabilities for COVID-19 vaccination

Autistic people and several other disabilities should be in the priority round for the new COVID-19 vaccination, so I decided to gather some social and medical reasons to support this.

Medical reasons

  • COVID-19 Mortalility rate of people with learning disabilities is 4 times higher than general population, with people between 18 and 34 years old with a 30 times higher probability of death than general population.
  • Although Autism is not in itself a risk factor, Autistic people have a higher probability of having learning disabilities and having morbilities (like chronic illness) that make them more vulnerable to COVID-19.

Social reasons

  • Autistic people have sensory issues on wearing masks, and are exempt if they can’t use them, making them more exposed to infection.
  • Delayed and cancelations in therapies and diagnosis, and psychological support, are impacting severely their education and health
  • Routine alteration, uncertainty and stress from the pandemic lead to autistic regression/burnout in therapeutical and educational settings
  • Lockdown decrease important psychological and psyquiatric support to a lot of autistic people
  • Online education has been difficult to adapt for autistic students
  • Therapists with a mask decreases understanding and progress, due to difficulty in seeing their facial expressions and lips
  • Some autistic people are not in institutions, but have a informal full time carer. That carer might have to do be exposed to shoppping and others, increasing infection possibility.
  • Lack of socialization might lead autistic people into more difficulties in connecting and reach out to other people.
  • 93% of autistic people in a study said they felt more isolated with the pandemic.

Of course this is not to support the “going back to normal after the vaccine”. We will have to continue to use masks, and social distancing. It is instead to show that autistic people should be able to be included into the priority list for the vaccination since they might be more vulnerable due to medical and social reasons.

We were all impacted with COVID-19 and the lockdowns, but autistic people and other disabled people are being severely impacted in their education, therapy and support, and might lead to serious difficulties.


Prioridade para Pessoas com deficiência na vacinação COVID-19

Autistas e várias outras deficiências deveriam estar (ou já estão) na fase prioritária para a nova vacinação COVID-19, então decidi reunir algumas razões sociais e médicas para apoiar isso.

Razões médicas

  • A taxa de mortalidade de pessoas com deficiências intelectuais por COVID-19 é 4 vezes maior do que a população em geral, com pessoas entre 18 e 34 anos com uma probabilidade 30 vezes maior de morte do que a população em geral.
  • Embora o autismo não seja em si um fator de risco, existe um maior numero de pessoas com deficiências intelectuais/cognitivas com Autismo, e morbilidades (como doenças crônicas) que as tornam mais vulneráveis ​​ao COVID-19.

Razões sociais

  • Autistas têm problemas sensoriais ao usar máscaras e estão isentos se não a conseguirem usar, tornando-os mais expostos a infeções.
  • Atraso e cancelamentos em terapias e diagnósticos, e apoio psicológico, estão a afetar gravemente a sua educação e saúde
  • Alteração de rotina, incerteza e estresse da pandemia levam à regressão/esgotamento autista em ambientes terapêuticos e educacionais
  • Confinamento diminui importante apoio psicológico e psiquiátrico para muitas pessoas autistas, visto que não esta incluído nas saídas autorizadas em Portugal.
  • A educação online tem sido difícil de se adaptar para muitos alunos autistas, que desenvolveram mais ansiedade e irritação.
  • Terapeutas a utilizar máscara diminui a compreensão e o progresso, devido à dificuldade em ler suas expressões faciais e lábios
  • Algums autistas não estão em instituições, mas têm um cuidador informal a tempo integral. Esse cuidador pode ter que ser exposto a compras e outras pessoas, aumentando a possibilidade de infeção.
  • A falta de socialização e isolamento pode levar autistas a ter mais dificuldades para se conectar e socializar com outras pessoas.
  • 93% das pessoas autistas em um estudo disseram que se sentiram mais isolados com a pandemia.

Claro que isso não é para apoiar a “volta ao normal após a vacina”. Teremos que continuar a usar máscaras e a fazer distanciamento social. Em vez disso, é para mostrar que as pessoas autistas devem poder ser incluídas na lista de prioridades para a vacinação, uma vez que podem estar mais vulneráveis ​​por razões médicas e sociais.

Todos nós fomos afetados pelo COVID-19 e os confinamentos, mas os autistas e outras pessoas com deficiência estão a ser severamente afetadas na sua educação, terapia e apoio, que podem levar a maiores dificuldades.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s